30
Sun, Oct
0 New Articles

Pentágono afirma que matou líder do grupo Khorasan em ataque na Síria

Mundo
Typography

Sanafi al Nasr, líder do grupo Khorasan, acusado de contar em suas fileiras com membros da Al-Qaeda, morreu durante um ataque aéreo da coalizão antijihadista dirigida pelos Estados Unidos no noroeste da Síria, afirmou neste domingo (18) o Pentágono.

"Em 15 de outubro, as forças da coalizão realizaram um bombardeio (...) que custou a vida de Sanafi al Nasr, cidadão saudita e número um da rede de combatentes da Al-Qaeda chamada 'grupo Khorasan'", informou o porta-voz do Pentágono Peter Cook, em comunicado.

Sanafi al Nasr, também conhecido como Abdul Mohsen Abdullah Ibrahim al Sharij, morreu em um ataque aéreo na quinta-feira, explicou.

"Esta operação é um golpe significativo nos planos do grupo Khorasan de atacar os Estados Unidos e nossos aliados", disse o secretário de Defesa americano, Ashton Carter, em comunicado.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), um grupo de monitoramento com sede na Grã Bretanha, informou sobre a morte de Al Nasr na última sexta-feira, afirmando que ele morreu em um ataque na província de Alepo.

Al Nasr foi catalogado como "terrorista mundial" pelo Departamento de Tesouro dos Estados Unidos em 2014 e erroneamente já foi dado como morto.

"Os Estados Unidos não vão ceder em sua missão de degradar, perturbar e destroçar a Al-Qaeda e seus remanentes", sentenciou Carter.

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS